Cachorro Perdido
Cachorro Seguro
Em Santa Catarina, cachorro volta para casa dois anos depois de ter sumido após tornado 0 Comentário(s)

Por Mariana Seman Ribeiro, em 16/02/2017 às 11:00

Em abril de 2015, um tornado com ventos de mais de 300 km/h atingiu Xanxerê e Ponte Serrada, no Oeste de Santa Catarina, e destruiu boa parte dessas duas cidades.

Com a tragédia, 235 casas ficaram completamente destruídas, entre elas estava a residência onde vivia o cão Sherlock.

Quando tudo aconteceu, o cão estava do lado de fora da casa, preso em uma corrente. Com a força do vento, a casinha de madeira onde o cão dormia foi jogada contra árvores e Sherlock foi parar nos galhos, onde ficou preso.

“O tornado jogou longe a casinha dele, acabou com a casa dos meus pais”, contou Denise de Oliveira, tutora de Sherlock.

Um vizinho viu o cão na árvore, o tirou de lá e o animal voltou para o terreno da casa onde vivia, que estava completamente destruída. Apesar de no dia seguinte ele estar mais quieto do que o normal, Sherlock saiu para dar uma volta, como já estava acostumado a fazer, mas dessa vez ele não voltou.

A família então começou as buscas pelo cachorro. Eles fizeram publicações nas redes sociais com fotos do cão pedindo ajuda, espalharam cartazes e procuram o animal pelos bairros próximos por bastante tempo. Porém, não conseguiram nenhuma informação sobre o paradeiro de Sherlock.

Até que semana passada, dia 9 de fevereiro, quase dois anos após o sumiço do cão, Dona Noélia, mãe da tutora de Sherlock, escutou latidos do lado de fora da casa, que a família conseguiu reconstruir, e foi até lá conferir.

Ao chegar à porta, uma grande surpresa e muita alegria, pois quem estava lá era Sherlock “pedindo para entrar”.

Segundo Denise, o cachorro, de 19 anos, estava quieto e aparentemente bem. Ele estava apenas muito sujo, com o pelo embolado e cheio de pulgas, então foi levado ao pet shop.

Ainda de acordo com a tutora, poucos dias depois de voltar para casa o cão já tinha recuperado seu comportamento normal. “Ele está feliz. Almocei com os meus pais hoje [segunda] e ele está feliz, alegre… Agora está todo faceiro, parece um meninão”, contou Denise.

Comentário(s)

Sobre o Autor

Mariana Seman Ribeiro

Paulistana, taurina, jornalista por formação e coração, mãe coruja do Davi e apaixonada por cachorros, em especial, por um sem vergonha chamado Bethoven! Espero poder dividir com vocês histórias incríveis sobre as minhas experiências com os cães e também contar novidades, curiosidades e dar dicas para cuidar cada vez melhor dos nossos fiéis amigos!

http://www.cachorroperdido.com.br/Blog

Cão Cidadão
Cachorro Seguro
Cachorro Perdido

Desenvolvido por: Astéria Internet Solutions
Geolocalização por: geoPlugin